5 Dicas Valiosas para Fazer Seu Salário Render

Aprenda a ter controle do seu salário e evitar os perrengues

Você é daquelas pessoas que sobra mês no seu salário? Recebe o salário em um dia, e no seguinte a conta já está vazia?

Fica com a sensação que você nunca consegue fazer nada diferente, que seu dinheiro é só para pagar as contas do mês? 

O ano está apenas começando, que tal mudar de postura e fazer seu salário render mais ainda em 2021? Listamos agora 5 dicas para mudar a sua relação com o dinheiro e com o consumo.

1) Organize sua receita e seus gastos

Normalmente, as pessoas que queixam muito de falta de dinheiro não têm consciência de seus gastos, assim acabam gastando mais do que recebem.

É importante organizar as despesas detalhadamente, pode ser em um planilha de excel, em aplicativos para organizar suas finanças, ou até mesmo em um caderninho. O importante é anotar tudo.Quando você percebe para onde está indo seu dinheiro, fica mais fácil fazer o salário render.

Se você recebe um salário mínimo, atualmente no valor de R$1.100,00, você deve levar em consideração o valor líquido e não o bruto.

Suponhamos que seu salário bruto seja R$ 1.000,00, você deve anotar todas as despesas a serem pagas com esse valor, como alimentação, conta de luz, conta de água, telefone, internet, entre outros. 

2) Economize as despesas variáveis

Despesas variáveis são aquelas que não têm um valor fixo, cada mês a conta vem com um preço diferente, como conta de água, luz, telefone e transporte.

Para fazer seu salário render mais, analise seus gastos e veja onde pode fazer economia, talvez você esteja demorando demais no banho e fazendo com que a conta de água e luz aumentem consideravelmente. 

Fique de olho nas despesas de transporte, principalmente os transportes por aplicativos. Com a facilidade de cadastramento do cartão de crédito, muitas vezes gastamos sem lembrar que aquela conta vai chegar, e quando assustamos já se foram mais de R$ 300,00 só em transporte de aplicativo e delivery.

3) Tome cuidado com o cartão de crédito

O cartão de crédito pode ser um grande vilão, é preciso ter cuidado.

Algumas pessoas têm o hábito de comprar absolutamente tudo no cartão de crédito, fazendo com que a fatura vá nas alturas. Assim, quando o boleto chega, grande parte do salário vai embora apenas pagando o cartão.

Opte por usar o cartão de crédito apenas em casos de necessidade, assim você vai ver como seu salário vai render. Além de poder realizar compras à vista e conseguir um bom desconto.

4) Dê preferência aos produtos em promoção

Constantemente tem algum produto em oferta, nessas ocasiões você pode aproveitar para comprar mais unidades. Se você tiver filhos, por exemplo, pode aproveitar promoções de fraldas, caixa de leite, etc. 

Pesquise os preços antes de ir às compras e vá onde eles estão mais baixos.

Além disso, não se apegue a marcas, existem produtos muito bons no mercado e que não são tão caros quanto os que carregam uma marca na estampa. A economia nas compras de supermercado, etc, pode te salvar uma boa grana e fazer o seu salário render.

5) Reflita se você realmente precisa comprar

Essa tarefa pode ser a mais difícil para pessoas que compram por impulso, mas ela é essencial. Em diversas vezes compramos coisas que não precisamos e que não usaremos outras vezes, apenas para sentir o gostinho de ter. Fuja disso! 

Antes de concluir a compra se pergunte se você realmente precisa daquele produto, se você realmente quer aquele produto e se você pode pagar por ele sem fazer dívidas.

Se a resposta para todos esses questionamentos for sim, ok, compre o que deseja. Mas se titubear na resposta de qualquer uma delas, pense e repense para ter certeza se você realmente quer gastar com isso.

Comece agora o seu planejamento financeiro e faça suas economias, conseguindo guardar um pouquinho a cada mês, lá na frente você verá a diferença.

Fazer o seu salário render pode te trazer benefícios além da área financeira, pode te trazer mais tranquilidade, bem-estar e saúde mental, aliviando e reduzindo as preocupações com as contas.

Pagamento à vista ou parcelado: Qual é a melhor opção na Hora das Compras?