Contextualizando o Impacto Social e a importância de sua mensuração foi o tema abordado por Antonio Ribeiro, consultor associado Move, durante o Fórum “Impacto Social – O Papel do Monitoramento e da Avaliação”, realizado pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc, no último dia 5 em Porto Alegre (RS).

“O evento foi ótimo, com grande engajamento do público nos espaços de debate e com pessoas muito interessantes engrossando o coro ali no palco”, contou Ribeiro, para quem é “preciso ressignificar a avaliação de impacto para conseguirmos avaliar mais e melhor os efeitos das nossas iniciativas”.

O consultor defendeu ainda que é preciso abandonar a avaliação da forma como a vemos hoje: um método caro, pesado e obrigatório, e destacou a relação entre resultados e impactos. “Enquanto os resultados são mais imediatos e possuem uma relação direta com a ação que está sendo realizada, o impacto segue uma complexidade que considera mais fatores, ou seja, o impacto social é uma contribuição de diferentes esforços, de outras entidades, em combinação com a ação que nós realizamos”.

Logo após a apresentação de Antonio Ribeiro, as professoras Cláudia Stadtlober e Aurélia de Melo, da Unisinos, mediaram a rodada de perguntas. Stadtlober ressaltou a importância do diálogo no processo de monitoramento e avaliação. “O trabalho coletivo é desafiador e a comunicação, essencial para derrubar as barreiras organizacionais”. E Melo destacou a importância do indicador de impacto social, sobretudo para quem está promovendo iniciativas, pois proporciona um olhar sobre o que está sendo feito e uma reflexão.

Confira a seguir a apresentação de Antonio Ribeiro no evento: Fórum_SESC_RS_Antonio_Ribeiro, que contou ainda com a apresentação de cases, por Eduardo Danilo Schmitz – Processo de monitoramento do Programa Mesa Brasil Sesc/RS e Bruno Evangelista – Social Good Brasil.

Para ver o vídeo da íntegra do Fórum, acesse: https://www.sesc-rs.com.br/forumsescimpactosocial/.